Alimentação / Suplementação

Os vasodilatadores fazem diferença na performance esportiva?

Os vasodilatadores são suplementos que sempre estão na moda. É comum, principalmente dentro das academias, o uso deste recurso ergogênicos. Os famosos pré-treinos que tanto fazem sucesso, em sua maioria tem algum vasodilatador em sua composição.

Mas e ai, eles realmente funcionam no aumento da performance ou são usados somente para deixar as veias “saltadas”?Resultado de imagem para nitric oxide

A principal função dos vasodilatadores é gerar oxido nítrico. O oxido nítrico tem diversas funções biológicas, como a melhora do sistema imunológico, cardiovascular e central [1].

Mas o mais conhecido efeito do oxido nítrico, quando falamos de esporte, é o seu efeito vasodilatador, que aumenta o fluxo sanguíneo para o músculo, favorecendo a captação de nutrientes no musculo esquelético e a contração muscular [2].

Há diversos tipos de substâncias com potenciais efeitos vasodilatadores, mas hoje falaremos aqui dos mais conhecidos: a l-arginina, o nitrato (suplementado como suco de beterraba, nitrato de sódio ou extrato de beterraba) e a l-citrulina (suplementada como citrulina-malato).

A l-arginina é talvez o vasodilatador mais conhecido e consequentemente o mais utilizado pelas empresas de suplementação, tanto de forma individual, quanto na composição de pré-treinos.

Este aminoácido essencial foi o primeiro a ser amplamente estudado por pesquisadores e é o que traz os efeitos mais contraditórios. Seus principais achados são com pessoas sedentárias ou pouco treinadas (iniciantes), público este que dificilmente faz uso deste tipo de suplemento [3].

Entretanto quando a suplementação é usada em pessoas treinadas ou atletas, público que mais utiliza os vasodilatadores, ela não traz maiores benefícios na performance, como mostra uma revisão sistemática de Sureda & Pons [3].

O mais provável é que a l-arginina seja oxidada antes de chegar a corrente sanguínea, tanto que ela não é capaz de aumentar os níveis dos biomarcadores de óxido nítrico [4]. As doses utilizadas nestes estudos variam de 2g à 14g por dia, de forma aguda ou crônica (até 28 dias).

Também encontrado em alguns dos novos pré-treinos do mercado, a l-citrulina é um aminoácido não-essencial, participante do metabolismo da l-arginina e que também apresenta efeitos vasodilatadores [5].

A diferença dele para a l- arginina se deve ao fato de ela não passar por um processo de oxidação prévio, sendo assim ela entra na corrente sanguínea e se “recicla” formando novamente a l-arginina [4].

Apesar de apresentar bons resultados ergogênicos, a l-citrulina também apresenta alguns dados conflitantes. Por ser uma substância estudada há pouco tempo e com muitas variáveis ainda não avaliadas, essas contradições entre alguns resultados são comuns. Mas a l-citrulina é um vasodilatador com potencial ergogênico que vale a pena ser melhor observado.

Seus maiores efeitos estão na resistência a fadiga, tanto em atividades aeróbias como anaeróbias, em doses que variam de 3g à 6g, com um mínimo de 7 dias de suplementação [5].

Já o nitrato, ânion inorgânico presente em diversos legumes e vegetais, é o que apresenta os melhores resultados na performance, sendo inclusive considerado pelo Comitê Olímpico Internacional um dos poucos suplementos com resultado positivos concretos (há um post exclusivo de nitrato aqui no site) [6]. Porém a substância é difícil de ser encontrada no mercado e, quando encontrada não apresenta as dosagens recomendas para surtir algum efeito.

Uma dose de 250mg à 1g de nitrato ou 4mmol à 16mmol (dependendo da forma de consumo) utilizada de forma aguda ou crônica (3 dias até 28 dias) se mostra eficaz tanto em exercícios aeróbios como anaeróbios [7,8].

Entretanto a suplementação de nitrato não apresenta grandes efeitos em pessoas bem treinadas ou atletas (homens com VO2 máximo acima de 60ml/kg/min e mulheres com VO2 máximo acima de 50ml/kg/min), provavelmente devido a alta produção de oxido nítrico que pessoas com esse nível de atividade física já produzem naturalmente [9].

Vasodilatadores são ótimos suplementos para aumento da performance, mas é importante saber qual suplemento realmente funciona (a l-arginina não é tudo aquilo que a gente pensa). A partir disso, é só verificar se ele influencia positivamente no seu objetivo.

Existem outras substâncias vasodilatadoras que também são usadas para aumentar a performance (por exemplo remédios para disfunção erétil), mas isso fica para um próximo capitulo.

 

Referências Bibliográficas

[1] GOVONI, M. et al. The increase in plasma nitrite after a dietary nitrate load is markedly attenuated by an antibacterial mouthwash. Nitric Oxide, v19, n.4, p.333-337, 2008.

[2] PINNA, M. et al. Effect of Beetroot Juice Supplementation on Aerobic Response during Swimming. Nutrients, v.6, p. 605-615, 2014.

[3] SUREDA, A. and PONS, A. Arginine and Citrulline Supplementation in Sports and Exercise: Ergogenic Nutrients? Medicine and Sports Science Basel, v.59, p.18-28, 2013.

[4] TREXLER, E.T. et al. Acute Efects of Citrulline Supplementation on High‑Intensity Strength and Power Performance: A Systematic Review and Meta‑Analysis. Sports Medicine. v.49, n.5, p.707-718, 2019.

[5] FIGUEROA, A. et al. Influence of L-citrulline and watermelon supplementation on vascular function and exercise performance. Current Opinion in Clinical Nutrition and Metabolic Care. v.20, n.1, p.92-98, 2017.

[6] MAUGHAN, R.J. et al. IOC consensus statement: dietary supplements and the high-performance athlete. British Journal of Sports Medicine. v.52, p.439-455, 2018.

[7] JONES, A.M. Dietary nitrate supplementation and exercise performance. Sports Medicine, v.44, n.1, p. s35-s45, 2014.

[8] SANTANA, J. et al. Nitrate Supplementation Combined with a Running Training Program Improved Time-Trial Performance in Recreationally Trained Runners. Sports. v.7, n.20, p.1-10, 2019.

[9] SHANNON, O.M. et al. Dietary nitrate supplementation enhances short but not longer duration running time-trial performance. European Journal of Applied Physiology. v. 17, p.775-785, 2017.

 

 

 

 

 

 

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais Populares

Ir para Cima